Muito sangramento na pausa. O que pode ser?

Muitas mulheres costumam gostar do uso do anticoncepcional porque seu fluxo menstrual fica bem regrado (mesma data) e diminui bastante. O motivo é que a mulher na pausa não está tendo uma menstruação, mas sim um pequeno sangramento fruto da interrupção da ingestão do hormônio do medicamento, que é comum. É por isso que o sangramento na pausa costuma ser em menor quantidade que uma menstruação sem o uso de anticoncepcional, durar menos que uma menstruação comum e costuma também ser sem dor. 

Mas eventualmente algumas mulheres se assustam porque o sagramento da pausa pode vir maior. Pode vir em tom mais escuro, com pequenos coágulos longos e com muita dor. O que poderia ser isso? Em primeiro lugar: mulheres, fiquem tranquilas, também é normal. É sinal de que seu corpo está funcionando como deveria, e por isso está se limpando. 

Sangramento demais: a limpeza do útero

Quando uma mulher ingere por muitos meses seguidos ou até anos o anticoncepcional, ela não ovula, mas acaba por acumular um pouco de massa no interior do útero que precisa ser liberado. Quando seu corpo achar que é muito anticoncepcional para ele, seu organismo vai se limpar e vai eliminar blocos de massa em seu sangramento. Sua menstruação na pausa pode ficar mais intensa, escura e com cólicas fortes.

A limpeza do útero também pode acontecer por descamação. Neste caso o fluxo menstrual irá ficar mais vermelho, forte e pode ou não vir acompanhado de dor. Pode ser preciso usar absorventes noturnos, pois o sangramento pode durar até 10 dias. Mas depois do período, outro sangramento intenso assim deve demorar ao menos mais alguns meses ou até anos no melhor dos casos.

O corpo humano é uma máquina bem lubrificada e quando funciona de forma correta, não traz problemas a mulher. Uma dica é acompanhar os sinais sempre de seu fluxo. Em caso de mudanças drásticas, marque uma consulta com um médico de confiança.

Elimine até 6kg nos primeiros 14 dias!


Elimine até 6kg nos primeiros 14 dias!
Compartilhe com seus amigos...Share on Facebook
Facebook

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *