Há dois tipos de pílulas anticoncepcionais no mercado. Existem aquelas que contêm dois tipos de hormônios, cujo a cartela vem com 21 comprimidos. E aquelas pílulas que contêm apenas um tipo de hormônio e a cartela vêm com 28 comprimidos.  A diferença entre os dois tipos de pílulas anticoncepcionais está na quantidade de comprimidos presentes na cartela, que serão ingeridas ao longo do mês.

anticoncepcionais

Os anticoncepcionais de 28 comprimidos

As pílulas anticoncepcionais de 28 comprimidos também possuem dois tipos. Um deles é a que a cartela traz 28 comprimidos sendo os últimos sete, com efeito placebo, servindo apenas para que a mulher se lembre do dia certo de começar a próxima cartela, havendo assim a menstruação regular. O outro tipo é aquele que a cartela traz 28 comprimidos com princípios ativos, ou seja, a chamada pílula de uso contínuo, onde não há sangramento ou menstruação.

   

Diferenças dos anticoncepcionais de 21 e 28 pílulas

Muitas mulheres têm dúvidas sobre qual tipo de pílula de anticoncepcionais deve tomar. A grande diferença entre os dois tipos de pílulas, de 21 ou de 28 dias, é a questão da menstruação. Quando você usa a pílula de uso contínuo (28 comprimidos), você não menstrua enquanto estiver usando, isso pode ocasionar inchaços indesejáveis dependendo da pílula e em alguns casos há contra-indicações. Já a de 21 comprimidos não teme contra-indicações, pode ser tomada por adolescentes, a menstruação é regular e não há  efeitos colaterais notáveis.

Mas é preciso lembrar que independente da sua escolha em relação a sua pílula anticoncepcional, a pílula escolhida tem que ser tomada durante todos os dias e no mesmo horário religiosamente. Além disso, é importante observar o tempo de intervalo entre uma e outra, por esse motivo, para as mais esquecidinhas a pílula de 28 comprimidos sendo sete com efeito placebo, são uma ótima ideia, assim não esquecem o dia em que devem começar a próxima cartela.