Anticoncepcional Alexa

Dentre os medicamentos orais considerados populares e com bom resultado e eficiência temos o Anticoncepcional Alexa, um dos mais populares e com preço mais em conta. Custando apenas R$ 17,90 a caixa nas diversas farmácias populares brasileiras, o Anticoncepcional Alexa é um contraceptivo oral de baixa dosagem que combina os hormônios sintéticos etinilestradiol e gestodeno.

Benefícios do anticoncepcional Alexa

  • Prevenção da gravidez quando ingerido de forma correta;
  • Regularização do fluxo menstrual;
  • Diminuição dos efeitos da TPM (cólicas, enjoos, dores de cabeça e nas mamas, etc);

Efeitos colaterais do anticoncepcional Alexa

  • Sangramento desregulado (escapes);
  • Amenorreia (ausência de sangramento) na pausa;
  • Tromboses, aumento da pressão arterial;
  • Desconforto da córnea quando em uso de lentes de contato;
  • Agravamento de endometriose;
  • Propensão a contrair infecções vaginais, como a candidíase por conta da redução da imunidade no corpo;
  • Sensibilidade, dor, aumento e secreção nas mamas;
  • Náusea, vômito;
  • Cefaleia, enxaqueca, alterações do humor;
  • Retenção de líquidos, redução da tolerância à glicose, alteração do peso corporal;
  • Irritação na pele, cloasma, eritema nodoso e erupção;
   

Como tomar o anticoncepcional Alexa

Para quem nunca tomou o medicamento, o primeiro comprimido deverá ser ingerido o primeiro dia da menstruação, ou seja, no primeiro de sangramento. Como são 21 comprimidos, todos devem ser tomados todos os dias, no mesmo horário, com atraso máximo de 12 horas. Deve haver (ou não, é opcional) uma pausa de 7 dias. Neste período deverá haver sangramento. Cada cartela seguinte será iniciada após o término dessa pausa de 7 dias. Após 7 dias (no 8 dia) deve-se começar uma nova cartela.

Contra-indicações do anticoncepcional Alexa

  • Gravidez ou quando houver suspeita de;
  • Distúrbios cardiovasculares ou cerebrovasculares, por exemplo, tromboflebites, processos tromboembólicos, ou antecedentes dessas condições;
  • Hipertensão grave;
  • Distúrbios hepáticos importantes ou antecedentes dessas condições, caso os resultados dos testes de função hepática não tenham retornado ao normal; icterícia colestática, antecedentes de icterícia na gravidez ou durante o uso de esteróides;
  • Síndrome de Rotor e de Dubi-Johnson;
  • Presença ou suspeita de tumores estrogênio-dependentes;
  • Hiperplasia endometrial;
  • Sangramento vaginal sem diagnóstico;
  • Porfiria;
  • Hiperlipoproteinemia, especialmente em presença de outros fatores de risco que predisponham a doenças cardiovasculares. Um histórico de prurido intenso ou herpes gestacional durante a gravidez, ou com uso prévio de esteróides.

Bula do anticoncepcional Alexa

Para visualizar a bula do medicamento, acesse http://www.medicinanet.com.br/bula/393/alexa.htm

Composição do anticoncepcional Alexa

Cada comprimido de Alexa contém 0,15mg (150mcg) de gestodeno e 0,02mg (20mcg) de etinilestradiol.

Preços – Quanto custa o anticoncepcional Alexa

Cada caixa do anticoncepcional Alexa custa cerca de R$20 e pode ser encontrado com muita facilidade em farmácias e drogarias de todo o Brasil.