Um dos maiores incômodos das meninas na adolescência são as acnes, famosas espinhas. Vaidosas desde pequenas, as mulheres já começam a se preocupar com o peso, os cabelos e a pele cedo. Por esse motivo, logo após a primeira menstruação é comum que meninas procurem seus ginecologistas para receitarem uma pílula anticoncepcional que ajude na melhora das acnes e oleosidade da pele.

anticoncepcional

As acnes ficam ainda piores no período pré-menstrual, a famosa, TPM e a irritação das meninas e mulheres acaba se tornando ainda maior. Elas começam a se achar feias, inchadas e ficam sensíveis. Isso acontece especialmente nas adolescentes devido aos hormônios que ainda não são uniformes, mas também é comum em mulheres adultas.

   

As pílulas anticoncepcionais são usadas principalmente para evitar a gravidez indesejada, mas alguns médicos recomendam o remédio também para auxiliar em outros tratamentos como para os cabelos e a pele. Os hormônios estrogênio, progesterona e testosterona podem ser descontroladamente instáveis nos primeiros anos da puberdade e esse é o responsável pelo excesso de acnes nesse período, principalmente durante a TPM. A alteração nos níveis desses hormônios normalmente causa acne sim, se você está sofrendo com esse tipo de problema procure seu médico, ele irá te ajudar com a pílula certa e recomendar as doses certas para ajudar com as acnes.

Muitas mães tem receio de deixar que as filhas tomem Anticoncepcional desde cedo e acabam procurando outros meios de curar ou amenizar as acnes. Porém por vezes o problema não será controlado por meio de tratamentos dermatológicos como cremes e pomadas, fórmulas manipuladas para uso diário e outros métodos. Às vezes o problema é realmente hormonal, você irá gastar muito dinheiro com produtos e consultas dermatológicas, que são caros e não irá solucionar o problema. As pílulas anticoncepcionais não oferece nenhum risco a meninas na fase da adolescência, apenas é fundamental o acompanhamento médico.